Empresa São Benedito

Conheça a história da Empresa São Benedito

Missão

Transportar pessoas com segurança, buscando a satisfação do cliente e o desenvolvimento contínuo.

Visão

Tornar-se uma empresa modelo de transporte coletivo. A Empresa São Benedito planeja assumir a liderança no mercado de transporte coletivo do Estado.

Valores

Ética, Transparência, Dedicação, Satisfação do Cliente, Inovação e Responsabilidade Socioambiental.

 

A Empresa São Benedito iniciou suas atividades na década de 1960, no Estado do Ceará. Foi fundada pelo Sr. Benedito, que transformou seu caminhão em transporte misto - nesta época as distâncias eram dificultadas pelas condições ruins das estradas. Foi dessa forma, há meio século, que nasceu uma das maiores empresas de transporte coletivo de passageiros do Ceará.

 

No começo, o Sr. Benedito dirigia seu próprio ônibus, mas logo trocou uma fazenda por quatro veículos para fazer as linhas entre as cidades de Pacajus, Chorozinho, Caracanga, Telha, Ancuri, Jabuti e outras localidades. A primeira sede da empresa foi na cidade de Pacajus.

 

Entre os anos de 1965 e 1971, a Viação São Benedito comprou as linhas de Fortaleza para Horizonte, Varzante, Tipuiu, Mangabeira, Aruaru, Pitombeira, Caracará, Batoque e Aroeiras. No ano de 1974, a companhia adquiriu a Viação Cruzeiro, com a linha Itaitinga via São Bento.

 

Em 1978, comprou da Empresa Vale do Orós as linhas que atualmente atendem Morro Branco, Fortim, Pindoretama, Cascavel, Aracati e Palmeiras. Em 1981, adquiriu a São Benedito a Viação Barreira, com as linhas Barreira/Canta-Galo e Barreira/Redenção.

 

Já em 1982, adquiriu da Rápido Cascavel as linhas Fortaleza/Cascavel via Aquiraz, Jacarecoara, Pindoretama e Barra da Caponga. Ainda em 1982, a viação comprou a Empresa Guanacés.

 

No ano seguinte, 1983, adquiriu a Empresa Santa Lúcia com as linhas Fortaleza/Prainha, Fortaleza/Aquiraz, Fortaleza/Iguape, Fortaleza/Tapera e Fortaleza/Caponga da Bernarda. Em 1984, passou a operar na linha Fortaleza/Canoa Quebrada e em 1985 adquiriu a Empresa Nordestina com a linha Fortaleza/Lagoa Verde.

 

Transporte Urbano

 

A partir de 1986, a São Benedito passou a operar no transporte coletivo urbano de Fortaleza, com as linhas José Walter/Expedicionários e José Walter/BR116 adquirida por meio da Empresa Clotran. No mesmo ano, começou a transportar cargas e encomendas atendendo as localidades de Aracati, Beberibe, Cascavel, Pacajus, Aquiraz, entre outras.

 

No começo da década de 1990, inaugurou a garagem no bairro José Walter, principal reduto da empresa no urbano, naquela época, a linha José Walter/Centro via BR116 foi dividida em Av. N e Av. I. Enquanto isso, no rodoviário, adquiriu a linha Fortaleza/Aracati via BR116 da Viação Aracati.

Ciferal Jardineira

 

Com os ônibus modelo Jardineira, a Empresa São Benedito começou a operar em 1993 a linha Fortaleza x Porto das Dunas, via Beach Park, ligando a praia com a orla marítima da capital. No interior do veículo havia um telefone público, em caráter experimental.

 

Já na era do sistema urbano integrado, em 1994, a empresa passou a operar nas linhas Parangaba/ Papicu e Antônio Bezerra/ Papicu.

 

No ano de 1995, a viação lançou um novo layout para sua frota, com um novo logotipo. A nova identidade visual foi apresentada em um coquetel na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Setpec). Na época, o diretor-presidente, Silvio Rui, destacou o início de uma nova etapa na São Benedito, que passou a investir intensivamente no recém implantado Programa de Qualidade Total. Dez novos ônibus modelo Galleggiante 3.40, inauguraram o novo visual da marca.

 

Ainda no mesmo ano, a companhia começou a operar no setor de fretamento, atendendo as localidades de Pacajus, Maracanaú, Horizonte e Aquiraz. Sua frota já alcançava cerca de 100 veículos, que atuavam no transporte intermunicipal, metropolitano e urbano de Fortaleza.

 

Terminal exclusivo

 

A São Benedito inaugurou em 1996, o primeiro terminal exclusivo de uma companhia de ônibus em Fortaleza. Localizado na Avenida Domingos Olímpio, próximo a Aguanambi, o terminal iniciou suas atividades atendendo as linhas: Ancuri, São Bento, Lagoa Canas, Iguape, Caponga, Tipuiú, Carcará, Batoque, Aquiraz, Tapuio, Pacajus, Eusébio, Guanacés, Cascavel, Aroeira, Telha, Itaitinga, Jericoacoara, Horizonte, Chorozinho, Camará e Prainha. Ainda em 1996, a empresa passou a operar a  linha urbana Jardim Castelão, na capital.

 

Aquisição da Rápido Morada Nova

 

Em dezembro de 1999, a viação comprou a linha da Viação Caponga, com o trecho Águas Belas (Cascavel)/Caponga (Pindoretama). Em  2000, adquiriu a Rápido Morava Nova, com as linhas de Solonópole, Barra do Sitiá, Orós, Iguatu, Ibicuitinga, Uiraponga, Poço da Pedra, Serra dos Gomes e Morada Nova via Russas. Mais tarde, a pintura da própria Morada Nova seria adotada pela São Benedito nos veículos de linhas intermunicipais.

 

Em 2001, foi comprada a linha Fortaleza/Nova Jaguaribara, e também a Viação Icapuí com as linhas Icapuí via Tibaú, Grossos via Tibaú, Aracati/Icapuí e Icapuí/Mossoró. Essas linhas passaram a ser operadas com a denominação Rápido Morava Nova.

 

Enquanto isso, no urbano, a São Benedito já operava com 32 veículos, atuando em 7 linhas do sistema urbano de Fortaleza: José Walter/Centro via BR116 Av. I, José Walter/Centro via BR116 Av. N, José Walter/Centro via Expedicionários, Antônio Bezerra/Papicu, Parangaba/Papicu, Jardim Castelão/Centro e Castelão/Parangaba.

 

Em 2002, foi registrada a São Benedito Auto Via Ltda. Neste mesmo ano, as linhas começam a ser transferidas para a nova sociedade e a partir de 2006 apenas a São Benedito Auto Via continuou com o transporte coletivo de passageiros.

 

As linhas de Fortaleza a Divisa CE/RN, Ereré, Feiticeiro, Iracema, Jaguaruana, Nova Jaguaribara, Russas, São João do Jaguaribe e Russas/Potirema foram compradas da Expresso Rio Jaguaribe em 2005. Em 2007, é adquirida a Expresso Pratiús com as linhas Fortaleza/Barra da Caponga e Fortaleza/Pratiús.

 

Em 2009, a São Benedito venceu a licitação, referente ao lote 1, região que abrange os municípios pólos de Aracati, Russas, Morada Nova e Limoeiro do Norte.

 

Hoje em dia a empresa atua no transporte coletivo metropolitano, rodoviário, fretamento e cargas, com uma frota de mais de 136 veículos. Os veículos são anualmente renovados para prestar serviço a centenas de localidades no interior e litoral do leste cearense, atendendo em média uma população de 541 mil passageiros por mês.